“Sporting é um justo campeão”


Carla Couto analisa a conquista da Liga de Futebol Feminino pela equipa dos leões.

A equipa de futebol feminino do Sporting venceu a Liga pela primeira vez, após a vitória por 6-1 sobre o Boavista, em jogo da 25.ª jornada do campeonato.

Fátima Pinto, Tatiana Pinto, Diana Silva e Ana Capeta, as duas últimas por duas vezes, coloriram o marcador no Parque de Jogos do Inatel, no Porto.

Carla Couto, ex-internacional portuguesa e embaixadora e delegada do Sindicato para o Futebol Feminino, congratula as novas campeãs nacionais.

“O Sporting é um justo campeão. Foi a equipa que mais pontos conquistou e a mais regular. Parabéns às jogadoras por terem conseguido este título, depois de quase 20 anos de ausência da modalidade”, afirma a Jogadora Portuguesa do Século.

Carla Couto recordou ainda os seus tempos enquanto jogadora do Sporting, onde começou a carreira: “Fico feliz por terem retomado a modalidade e espero que agora seja um projeto com uma duração maior, fazendo com que várias meninas possam representar o Sporting, o que será um orgulho para elas”.

Nos tempos em que era jogadora, Carla Couto foi treinada por Nuno Cristóvão, atual técnico do Sporting, sendo que ambos se sagraram campeões nacionais pelo 1.º Dezembro.

Relativamente ao segredo para o sucesso de Nuno Cristóvão, a embaixadora e delegada do SJPF para o futebol feminino salienta o “bom trabalho que tem feito” e o facto de ser “um treinador muito humano, que sabe gerir muito bem as emoções das jogadoras.”

Carla Couto acrescenta que parte desta conquista também se deve “ao grupo muito forte que é a equipa do Sporting”.

A embaixadora e delegada do SJPF para o futebol feminino termina com uma mensagem às jogadoras: “Espero que continuem a trabalhar com a mesma seriedade.”

A nível nacional, a época de futebol feminino termina no dia 4 de junho, com a realização da final da Taça de Portugal, entre Sporting e SC Braga, no Jamor.

A Jogadora Portuguesa do Século deixa um desejo para este desafio: “Boa sorte ao Sporting e ao SC Braga para a final da Taça, e que seja um bom espetáculo para o futebol feminino e uma excelente promoção da nossa modalidade.”