“Marcar golos é o meu ponto forte”


Em entrevista à JOGADORES (publicação oficial do SJPF), o avançado do Santa Clara, Clemente, revela as suas preferências e principais qualidades enquanto futebolista.

O jogador de 33 anos é um dos melhores marcadores da Segunda Liga, com dez golos apontados.

Alguma superstição antes de entrar em campo?
Gosto de ouvir música antes de cada jogo. Antes de entrar no campo, beijo sempre a imagem do Senhor Santo Cristo.

Modelo preferido de bota de futebol?
Gosto de jogar com vários modelos de botas da marca Adidas.

Número de camisola preferido?
9.

Melhor jogo ou o mais emocionante a que assistiu?
O Portugal – Inglaterra, no Euro 2004.

Ídolo no futebol?
Filippo Inzaghi.

Equipa na qual gostaria de jogar?
Era um sonho de criança ter jogado no Benfica.

Qual é o seu ponto forte como jogador?
É a finalização. Golos é o meu ponto forte.

Maior ambição enquanto jogador?
Neste momento, é tentar levar o Santa Clara à Primeira Liga e fazer o máximo de golos possível.

Rende-se mais em campo depois de fazer sexo?
Para mim é indiferente, não mexe comigo. É uma questão psicológica.

Hobby preferido durante os estágios?
Ouvir música, ver televisão, jogar às cartas e conviver com os meus colegas.

Se não fosse futebolista, o que gostaria de ser?
Professor de Educação Física.

Perfil
Nome: Paulo Clemente Ventura Raimundo
Data de nascimento: 14 de outubro de 1983
Posição: Avançado
Clubes que representou: Operário, Louletano, Gondomar, Chaves, Oliveirense, Arouca, Farense e Santa Clara.

Foto: Simas Amaral/ASF.